LIVRES DA MORTE


Livres da Morte



Jó 33:22 a 24

“E a sua alma se vai chegando à cova, e a sua vida ao que traz morte. Se com ele, pois, houver um mensageiro, um intérprete, um entre milhares, para declarar ao homem a sua retidão, então terá misericórdia dele, e lhe dirá: Livra-o que não desça à cova; já achei resgate”.
I. INTRODUÇÃO

Vivemos em constante guerra. A Obra do Espírito Santo em nossas vidas é o resultado de grandes renúncias. O Senhor conta com os seus valentes para que a Sua Obra seja estabelecida e as suas conquistas sejam alcançadas.
II. “E A SUA ALMA SE VAI CHEGANDO À COVA, E A SUA VIDA AO QUE TRAZ MORTE”
É provável que, para alguns, a maior peleja seja a interior. O homem se distanciou do projeto de Deus. A alma se vai chegando à cova: morte eterna. Há muitos que entenderam o chamado, mas não consagram as suas vidas. Outros receberam a bênção do Batismo com o Espírito Santo, dons espirituais, mas não prosseguem na caminhada. Vidas sem experiência. Sem fruto. Sem compromisso, como na mescla.
III. “SE COM ELE, POIS, HOUVER UM MENSAGEIRO...” - QUEM?
Deus enviou o mensageiro, o Senhor Jesus, que veio da eternidade para trazer vida ao homem, abrindo o caminho da vida na cruz do Calvário. Deu vida para o homem, transmitiu vida, porque Ele é a vida.
IV. “... UM INTÉRPRETE, UM ENTRE MILHARES...”
Intérprete: o Espírito Santo que convence o homem a aceitar o projeto de salvação, pois somente Ele pode revelar esse mistério ao coração do homem. O Espírito Santo é o revelador do mistério, o único revelador do mistério da salvação (Jesus).
Um entre milhares: porque o homem sem Deus busca muitas formas para ser salvo, mas só há um, entre milhares, que pode declarar ao homem o caminho a percorrer. O caminho é Jesus. Quando o homem aceita a Jesus, alcança o livramento de descer à cova, uma eternidade sem Deus.
O unigênito filho de Deus, só Ele, o único que pode salvar.  
V. “... JÁ ACHEI RESGATE”
É o livramento da morte. Fomos resgatados e nascemos de novo. É a vida eterna em Cristo Jesus. O resgate se dá através de Jesus com as evidências do Novo Nascimento no homem (no salvo).

VI. CONCLUSÃO

            Necessitamos de uma vida de intimidade com Deus. A voz do Senhor nos fortalece. Cada um constrói a sua vida perante o Senhor. A ação do Espírito Santo é que representa a nossa experiência.
            A comunhão com Deus, através da salvação em Jesus, pelo Espírito Santo, é tudo o que Deus oferece ao homem nesses tempos difíceis, para livrá-lo da morte.
João 10:10
            “... Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.”
            O destino do homem está traçado – “morte”.
            Existe uma mensagem de vida da parte de Deus.
            O mensageiro é Jesus, que coloca à disposição do homem uma mensagem.
            O intérprete dessa mensagem é o Espírito Santo, que aponta um caminho seguro para a sua caminhada.
            Esse caminho nos leva a ver e entender nele todo o projeto e processo, vivendo uma nova vida de comunhão com o Novo Nascimento, que é a ressurreição para a vida eterna.